sexta-feira, 12 de maio de 2017

OuvIR



Quando você for ao santuário de Deus, seja reverente. Quem se aproxima para ouvir é melhor do que os tolos que oferecem sacrifício sem saber que estão agindo mal. Eclesiastes 5:1

Existem textos que mesmo conhecendo a muito tempo, tem um ‘tempo’ para ser trabalhado dentro de nós. Gosto muito de versículos que falam sobre ‘intenções’ e para mim, este é um deles.

Salomão começa alertando de maneira muito direta sobre ir ao templo, coisa que talvez passe desapercebido muitas vezes para nós. Mas por que? As vezes me pego imaginando como a igreja seria se tivéssemos a mesma reverência que os primórdios tinham ao entrar no templo, digo, Jesus foi um dos que entrou e colocou tudo abaixo por aquelas pessoas estarem profanando  a ‘Casa de Deus’!!! Acho que Salomão estava dando uma dica para o pessoal que viveriam nesse tempo, para não passar vergonha com Jesus lá...rs e Jesus só reforçou para nós ;)

Bom... onde quero chegar com isso? Muitas vezes estamos tão ‘acostumados’ em estar em uma igreja, ou de frequentar a cultos ou até mesmo de servir ao Senhor que nos esquecemos de ‘como devemos fazer isso’. Calma, antes que pense....não estou criando regras, nem querendo que elas sejam  absolutas, só te fazendo pensar... ok? Também não estou dizendo que não podemos ter liberdade quando entramos na casa do Senhor ou, que devemos seguir cerimonias e rituais,  NÃO! Estou falando de COMO devemos oferecer aquele culto.

Vamos lá, no versículo 2 vemos exatamente isso:  NÃO ESTÃO FAZENDO DA MANEIRA CERTA.

Calma ai, então quer dizer que tem como oferecer um culto ‘errado’? rs...meu querido, se tem adorador falso, pq não, sacrifícios entregues de maneira errada? Por isso o escritor continua, VÁ PRONTO PARA OUVIR E OBEDECER A DEUS. Olha que lindo...

Primeiro a gente leva uma advertência, depois um tapa e por ultimo uma esperança de fazer a coisa certa. Imagino que no inicio de um culto, entram pessoas pensando em muitas coisas, carregadas de problemas, cheias de orgulho, cheias de si, angustiadas, irritadas, tristes, machucadas...e muitas outras preocupações. Quando a bíblia diz: vá pronto para ouvir, está dizendo vá disposto a deixar tudo que é seu – pois vai receber algo MEU, vá disposto a esquecer suas preocupações- porque EU cuido delas, vá disposto a entender, vá disposta a deixar que a palavra transforme sua situação.

OUVIR. É tenso. É difícil, principalmente quando nosso coração está tão carregado. Mas OUVIR REQUER RENUNCIA. Ouvir requer disposição. Porque se estivermos dispostos a ouvir, nosso coração fica mais propenso a mudar, e mudança requer OBEDIÊNCIA (IR).  

Da próxima vez que estiver em um templo, pense nisso com carinho. Combinado?

Pra meditar:
Sejam todos prontos para ouvir Tiago 1:19
Logo a fé vem pelo ouvir, e o ouvir vem pela palavra de Cristo. Romanos 10:17

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Amar



[Primeiro do ano, com o que deve ser prioridade durante o ano todo]

Pois ninguém pode amar a Deus, a quem não vê, se não amar o seu irmão, a quem vê. I João 4.20

O apostolo João escreve esse capitulo em sua epístola numa entonação cálida. Ele nos apresenta de forma incontestável o amor de Deus. Exorta-nos a amarmos uns aos outros, a ampararmos nossos irmãos e a qualquer pessoa necessitada.

Temos que ter em mente que a essência do verdadeiro amor está no sacrifício de oferecermos tudo o que temos ao próximo e podermos fazer tudo por ele. Até mesmo entregarmos o sacrifício de nossa própria vida, se preciso for.

Se amamos a Deus, não podemos desprezar a quem Ele ama e criou à sua imagem e semelhança, como nós também fomos criados. Como posso eu declarar  meu amor a Deus, quando maltrato meu semelhante? Seria no mínimo um paradoxo inexplicável e para Deus uma inaceitável hipocrisia.

Vemos muitas pessoas nas igrejas exercitando sua fé, louvando, declarando seu amor a Deus e o desejo de cumprir Sua Perfeita Vontade. Mas na pratica da vida, do cotidiano, em nada mostram seu amor a Deus ou cumprem a Palavra que Cristo pregou e ratificou – o que já havia sido declarado pelos profetas -  que o maior dos mandamentos é amar a Deus e ao próximo. Porque quem ama ao próximo, inegavelmente está amando a Deus.

Não podemos negar que há uma discrepância entre dizer-se adorador e amar a Deus e não acolher o seu próximo. Quando digo ‘próximo’, não me refiro a parentes, amigo e irmão da igreja ou da fé. Claro que estes também são o nosso próximo, mas lembro do que disse Jesus: “se amardes aos que vos amam que recompensa tereis?" - nesta passagem Ele nos exorta a amarmos até nosso inimigos, que dirá daqueles que não são nossos inimigos.

Amar a todos indistintamente! Como podemos nos sentar à mesa e nos saciarmos quando vemos nossos semelhantes com fome? Como podemos pensar em acumular riquezas materiais tão somente úteis para esta vida terrena, quando muitos não têm onde morar? É de todo o contraste imenso daquele que diz amar a Deus, parar em um semáforo com seu carro luxuoso e um pequeninho lhe pedir algo para comer e este agir com indiferença.

Então vêm os pensamentos que querem nos deixar no engano, como: “mas eu não posso mudar o mundo; isso é com o governo, eu pago impostos; um trocado que eu der ou um preto de comida não vai resolver todos os problemas...” e então permanecemos paralisados no conformismo. É pensando assim que tudo que é mau se alastrou. Se cada um fizer uma pequena parte, tudo será melhor. O prato de comida que podemos dar ou uma cesta básica já matará a fome de alguns, ajudaremos a cuidar das criaturas do Senhor.

Estes que dizem ter fé e amar a Deus e nada fazem pelo seu próximo, eu digo: em nada amam. Apenas se apoiam no legalismo das palavras de fé, estão escondidos dentro de suas individualidades que, como grandes muralhas, não deixam que os raios de luz do sol da justiça de Deus e a claridade do Seu Amor cheguem aos seus corações.

Como declara o apostolo Tiago: “ Porque, assim como o corpo sem espirito é morto, assim, também a fé sem obras é morta”.


Então...mãos a obra! Lembre-se de que nossa maior riqueza não está aqui, mas na morada que um dia haveremos de herdar com Jesus. Faça não por querer contabilizar boas ações nas ordens celestiais, mas faça unicamente por AMOR!

(Fares A. Abdalla - Caminhando com Deus)

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Acumulados



Ontem fiz uma limpeza nas conversas em meu facebook. Uma coisa tão simples que me ensinou muito.

Pode até parecer que a frase acima não faz sentido algum, mas quero te fazer pensar em algumas coisas e talvez ao final desde texto me dê razão, ou não.

Durante muito tempo da minha vida- que não é tão grande assim..rs, acumulei coisas, sério. Você também. Cartas, bilhetes, papel da bala que aquele rapaz ofereceu em 1800, papel da trufa que fizeram um anel e te pediram em casamento, a folha da arvore que caiu durante uma conversa decisiva da vida. Um chaveiro que alguém especial deu mas está todo destruído, a embalagem do presente do seu primeiro namorado. O bilhete do cinema que foi com os amigos, a primeira conta do restaurante que pagou, seu primeiro holerite, etiquetas fofinhas de roupas, papel do amigo secreto do jardim da infância, um trabalho da 5ª série, a camiseta antiga da escola com o nome escrito a caneta de todos da classe. Emails, conversas do MSN tranformadas em texto, SMS que você passou para o papel pois tinha que limpar a memória do seu celular, conversa do orkut, depoimentos.... e uma infinidade de coisas que acumulamos e 'achamos' que vamos precisar no futuro.

De todos os itens acima, muitos estou falando de mim, outros estou falando de você, que tem uma caixa com todas essas coisas guardadas, que eu sei rs. Mas afinal, por que acumulamos isso?

Sinceramente, não sei.

Quando decidi apagar as conversas ontem, não foi por medo de alguém ler um dia, nem por raiva, ódio, não; foi simplesmente por se livrar de coisas antigas, que não tem necessidade de serem guardadas. Admito que tentei ler as quase 600 mensagens, mas não dei conta, algumas eu li, ri, lembrei e pensei em quantas pessoas incríveis já passaram em minha vida e talvez elas não saibam disso. Lembrei dos conselhos, das lágrimas, da distancia que nos separava, mas que ao mesmo tempo nos faziam tão próximas. Pessoas que eu ajudei e pessoas que me ajudaram, que passaram e deixaram 'muito' em mim.

Por outro lado, encontrei emails sobre trabalhos da faculdade, propagandas, senhas de sites antigos, exames médicos e, outros, que não tinham necessidade de serem guardados, eles estavam lá apenas ocupando espaço. Lembro quando guardava os cadernos da escola (não ria de mim, pq eu sei que você fazia isso também...rs) na expectativa de precisar deles no futuro, ou de ter que 'relembrar' a matéria no ano seguinte, coisa que NUNCA aconteceu.

Está conseguindo me entender?

Podíamos falar de muitas coisas: aquela panela sem cabo que você guarda no fundo do armário; aquela blusa que não te serve mais e você insiste em dizer: quando emagrecer eu uso; aquele sapato que está sem salto e você guardou a meses; aquele monte de papel que você acumula na sua prateleira;  aquela coleção de calças sendo que você só usa 1; aquele monte de roupas de frio que você guarda a 5 anos e chega inverno, passa inverno e você não usou ainda, e blá, blá blá... pensa no tanto de coisa que vamos entulhando, guardando. Chego a pensar que algumas coisas em nossa vida são tratadas como de 'estimação', não acha?

Daria pra falar sobre o que guardamos em nosso coração há tanto tempo, aquela mágoa, aquela palavra, aquela mensagem, aquela cena, aquela foto, aquela promessa.. (já fiz posts sobre isso, deixarei o link abaixo).

Não escrevi para deixar de guardar lembranças, não!! Escrevi para pensarmos mais no que guardamos e porque guardamos?
Gosto muito de lembrar que 'preciso dar espaço ao novo na minha vida, para isso, preciso abrir mão das coisas velhas'. Lembre-se que Deus sempre fará o melhor para nós, talvez não da maneira como queremos, mas O MELHOR, dê espaço a Ele.


Outros temas sobre isso:
Desintoxicação Sentimental
Desprender-se
Pastas da Vida