terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Filtre


Certa pessoa encontrou-se com o filosofo Sócrates e lhe disse: _ Tenho algo a lhe dizer sobre um amigo seu… Sócrates respondeu: _ Permita-me lhe propor passar pelo Filtro Triplo para aceitar seu comentário.
A pessoa disse claro que sim, o que é esse tal de filtro triplo?_ Para que eu te ousa falar algo de alguém, mesmo que não fosse meu amigo, teria que passar por um filtro de três condições.

A primeira é a VERDADE, você tem absoluta certeza de que, o que vai me falar é verdadeiro?_ O camarada respondeu: não, ouvi outra pessoa falar isso sobre seu amigo. _ Sócrates disse: então não tenho dever nenhum em te ouvir já que não tens a veracidade do que vais me falar, mesmo que a pessoa em questão não fosse digna de respeito. E continuou Sócrates, vou te revelar o segundo filtro para que eu pudesse te ouvir, já que a Verdade seria suficiente para não te escutar.

É o filtro da BONDADE. É bom para eu saber o que tens a me dizer sobre meu amigo? _ O homem respondeu: não é algo bom, é desagradável. _ Retrucou Sócrates: se não é verdadeiro e muito pior, para que me interessaria saber algo que poderia estragar o meu dia, não sendo verdadeiro nem bom. Mas vou te falar sobre o terceiro filtro para que as nossas conversas não sejam vazias e nada construtivas.

É o filtro da UTILIDADE, será para mim e para você algo útil, vai me servir para aumentar minha sabedoria e credito sobre meu amigo?_ O homem cosou a cabeça e disse: não acho que seja útil nem para mim nem para ti. _ Pois bem, disse Sócrates, a nossa conversa acaba por aqui, sabendo que, o que devemos acumular nesta vida é a Sabedoria.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Mulher...


Quando Deus fez a mulher já estava em seu sexto dia de trabalho fazendo horas extras.
Um anjo apareceu e lhe disse: "Por quê leva tanto tempo nisto?"
E o Senhor respondeu: "Já viu a minha ficha de especificações para ela? Deve ser completamente lavável, mas sem  ser de plástico, ter mais de 200 peças móveis e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa, até sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho arranhado até um coração partido e fará tudo isto somente com duas mãos."
O anjo se maravilhou com as especificações.
"Somente duas mãos... Impossível! E este é somente o modelo básico? É muito trabalho para um dia!"
"Espere até amanhã para terminá-la." Protestou o Senhor.
Estou tão perto de terminar esta criação que é favorita de Meu próprio coração.
Ela se firma sozinha quando está doente e pode trabalhar jornadas de 18 horas.
O anjo se aproximou mais... E tocou a mulher. "Mas o Senhor a fez tão suave..."
"É suave", disse Deus, mas a fiz também forte. Você não tem idéia do que pode aguentar ou conseguir.
"Será capaz de pensar?", perguntou o  anjo.
Deus respondeu: "Não somente será capaz de pensar mas também que raciocinar e de negociar..."
O anjo então notou algo e estendendo a mão tocou na face da mulher...
"Senhor, parece que este modelo tem um vazamento, eu lhe disse que estava colocando muita coisa nela!"
"Isso não é nenhum vazamento... É uma lágrima" corrigindo-o Senhor.
" E para que serve a lágrima?", perguntou o anjo. E Deus disse:
"As lágrimas são sua maneira de expressar seu destino, seu amor, seu sofrimento, seu orgulho,..."
Isto impressionou ao anjo, "O Senhor é um gênio, pensou em tudo. 
A mulher é verdadeiramente maravilhosa!"
A mulher tem forças que maravilham aos homens.
Aguentam dificuldades, levam grandes cargas, mas tem a alegria, o amor intensamente...
Sorriem quando querem gritar. Cantam  quando querem chorar.
Choram quando estão  felizes e riem quando estão nervosas.
Lutam pelo que creem. Enfrentam à  injustiça.
Não aceitam 'não' como resposta quando elas creem que há uma solução melhor.
Privam-se para que a sua família possa ter.
Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir.
Amam incondicionalmente.
Choram quando seus filhos triunfam e se alegram quando seus amigos ganham.
Ficam  felizes quando ouvem sobre um nascimento ou casamento.
Sofrem quando morre um amigo ou com a perda de um ente querido,
são fortes quando pensam que já não há mais forças...
Sabem que um abraço podem ajudar a curar um coração que já se partiu.

Entretanto, há um defeito na mulher:
"É que ela se esquece o quanto ela vale..." 

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Quanto vale seu tempo?

Um menino, com voz tímida e olhar de admiração, pergunta ao pai, quando este retorna do trabalho:
- Papai! Quanto o Senhor ganha por hora?
O pai, num gesto severo, responde:
- Escute aqui, meu filho! Isto nem tua mãe sabe! Não amole! Estou cansado.
Mas, o filho insiste:
- Mas, papai, por favor... Diga quanto o Senhor ganha por hora...
A reação do pai foi menos severa, e respondeu:
- 3,00 por hora.
- Então, papai, o Senhor pode me emprestar 1,00?
O pai, cheio de ira, e tratando o filho com brutalidade, respondeu:
- Então, esta era a razão de querer saber quanto eu ganho?
Vá dormir e não me amole mais. Estou cansado!
Já era noite quando o pai começou a pensar no que havia acontecido e sentiu-se culpado.
Talvez, quem sabe, o filho precisasse comprar algo. Querendo descarregar sua consciência doída,
foi até o quarto do menino e, em voz baixa, perguntou:
- Filho... Está dormindo?
- Não, papai.- Respondeu o sonolento garoto.
- Olha, aqui está o dinheiro que me pediu.
- Muito obrigado papai! ... Disse o filho, levantando-se e retirando 2,00 de uma caixinha que estava sob a cama:
- Agora já completei! Tenho 3,00! Poderia me vender uma hora de seu tempo?

VOCÊ TEM TEMPO PARA AS PESSOAS QUE AMA?

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O que tem escondido?


Havia dois irmãos que visitavam seus avós no sítio, nas férias. 
Felipe, o menino, ganhou um estilingue para brincar no mato. Praticava sempre, mas nunca conseguia acertar o alvo. 
Certa tarde viu o pato de estimação da vovó... Em um impulso atirou e acabou acertando o pato na cabeça e o matou. Ele ficou chocado e triste! Entrou em pânico e escondeu o pato morto no meio da madeira! 
Beatriz, a sua irmã viu tudo, mas não disse nada aos avós. 
Após o almoço no dia seguinte, a avó disse: "Beatriz, vamos lavar a louça" Mas ela disse: "Vovó, o Filipe me disse que queria ajudar na cozinha". 
E olhando para ele sussurrou: "Lembra do pato?" Então o Felipe lavou os pratos. 
Mais tarde o vovô perguntou se as crianças queriam pescar e a vovó disse: "Desculpe, mas eu preciso que a Beatriz me ajude a fazer o jantar." Beatriz apenas sorriu e disse, "Está bem, mas o Felipe me disse que queria ajudar hoje", e sussurrou novamente para ele, "Lembra do pato?" 
Então a Beatriz foi pescar e Filipe ficou para ajudar. 
Após vários dias o Felipe sempre ficava fazendo o trabalho da Beatriz até que ele, finalmente não aguentando mais, confessou para a avó que tinha matado o pato. 
A vovó o abraçou e disse: "Querido, eu sei... eu estava na janela e vi tudo, mas porque eu te amo, eu te perdoei. Eu só estava me perguntando quanto tempo você iria deixar a Beatriz fazer você de escravo!" 

Qualquer que seja o seu passado, ou o que você tenha feito (mentir, enganar, seus maus hábitos, ódio, raiva, amargura, etc),seja o que for, você precisa saber que Deus estava na janela e viu tudo como aconteceu. 
 Ele conhece toda a sua vida... Ele quer que você saiba que Ele te ama e que você já está perdoado. 
Ele está apenas querendo saber quanto tempo você vai deixar o diabo fazer de você um escravo. 
 Deus só está esperando você pedir perdão, Ele não só perdoa, mas Ele se esquece. 
É pela graça e misericórdia de Deus que somos salvos. Vá em frente e faça a diferença na vida de alguém hoje. 
Lembre-se sempre: Deus está na janela e sabe de tudo! 

"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a Graça de Deus não irá protegê-lo."

sábado, 21 de janeiro de 2012

Amor-Perfeito


Aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Fp 4.11
Paulo estava destituído de todo conforto, numa cela de prisão, quando escreveu essas palavras.
Conta-se que um rei foi certa manhã ao seu jardim e encontrou as plantas murchando e morrendo. Perguntou ao carvalho, que ficava junto ao portão, o que significava aquilo. Descobriu que a árvore estava cansada de viver, porque não era alta e elegante como o pinheiro. O pinheiro, por sua vez, estava desconsolado porque não podia produzir uvas, como a videira. A videira ia desistir da vida porque não podia ficar ereta e nem produzir frutos delicados como o pessegueiro. O gerânio estava agastado porque não era alto e fragrante como o lírio. E o mesmo acontecia em todo o jardim...
Chegando-se ao amor-perfeito, encontrou sua corola brilhante e erguida alegremente, como sempre. “Muito bem, meu amor-perfeito, alegro-me de encontrar, no meio de tanto desânimo, uma florzinha corajosa. Você não parece nem um pouco desanimada". - ''Não, não estou. Eu não sou de muita importância, mas achei que, se no meu lugar o senhor quisesse um carvalho, um pinheiro, um pessegueiro ou um lírio, teria plantado um deles; mas sabendo que o senhor queria um amor-perfeito, estou resolvido a ser o melhor amor-perfeito que posso”.
Os que se deram a Deus sem reserva, estão contentes em qualquer situação. Pois querem só o que é a vontade dEle, e desejam fazer para Ele tudo o que Ele quiser. Esvaziam-se de tudo, e nisso encontram tudo cem vezes mais.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

O cachorro e o Coelho


Eram dois vizinhos.
O primeiro vizinho comprou um coelhinho para os filhos.
Os filhos do outro vizinho pediram um bicho para o pai.
Ele comprou um cão pastor alemão.
Papo de vizinho:
* Mas ele vai comer o meu coelho.
* De jeito nenhum. Imagina. O meu pastor é filhote. Vão crescer juntos, pegar amizade. Entendo de bicho.
E parece que o dono do cachorro tinha razão.
Juntos cresceram e amigos ficaram.
Era normal ver o coelho no quintal do cachorro e vice-versa.
Eis que o dono do coelho foi passar o final de semana na praia com a família e o coelho ficou sozinho.
Domingo, à tardinha, o dono do cachorro e a família tomavam um lanche, quando entra o pastor alemão na cozinha. 
Pasmo, trazia o coelho entre os dentes, todo imundo, arrebentado, sujo de terra e, é claro, morto. Quase mataram o
cachorro de tanto agredi-lo.
Dizia o homem:
- O vizinho estava certo, e agora? Só podia dar nisso!
Mais algumas horas e os vizinhos iam chegar. E agora?! Todos se olhavam.
O cachorro, coitado, chorando lá fora, lambendo os seus ferimentos.
Já pensaram como vão ficar as crianças?
Não se sabe exatamente quem teve a idéia, mas parecia infalível:
Vamos lavar o coelho, deixá-lo limpinho, depois a gente seca com o secador e o colocamos na sua casinha.
E assim fizeram.
Até perfume colocaram no animalzinho. Ficou lindo, parecia vivo, diziam as crianças.
Logo depois ouvem os vizinhos chegarem. Notam os gritos das crianças.
- Descobriram!
Não passaram cinco minutos e o dono do coelho veio bater à porta, assustado. Parecia que tinha visto um fantasma.
- O que foi? Que cara é essa?
- O coelho, o coelho...
- O que tem o coelho?
- Morreu!
- Morreu? Ainda hoje à tarde parecia tão bem.
- Morreu na sexta-feira!
- Na sexta?
- Foi antes de viajarmos, as crianças o enterraram no fundo do quintal e agora reapareceu!
A história termina aqui. O que aconteceu depois não importa.
Mas o grande personagem desta história é o cachorro. Imagine o coitado, desde sexta-feira procurando em vão pelo seu amigo de infância.
Depois de muito farejar, descobre o corpo morto e enterrado. O que faz ele... Provavelmente com o coração partido, desenterra o amigo e vai mostrar para seus donos, imaginando fazer ressuscitá-lo. E o ser humano continua o mesmo, sempre julgando os outros...
Outra lição que podemos tirar desta história é que o homem tem a tendência de julgar os fatos sem antes verificar o que de fato aconteceu.
Quantas vezes tiramos conclusões erradas das situações e nos achamos donos da verdade?  Histórias como esta são para pensarmos bem nas atitudes que tomamos.
Às vezes fazemos os outros sofrerem por nosso injusto julgamento, pense... 

"A vida tem quatro sentidos: amar, sofrer, lutar e vencer".

Então: AME muito, SOFRA pouco, LUTE bastante e VENÇA sempre que possível... mas não julgue diante da  1ª. Visão ou do primeiro comentário.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Intimidade com Deus




Muitos de nós nos dizemos íntimos de Deus... mas será que sabemos o que é intimidade? Ou, qual o grau de intimidade que o Pai tem buscado de nós...? 
Você quer conhecer os planos de Deus pra sua vida?

Logo em suas primeiras páginas a Bíblia já nos mostra uma história de intimidade, em Gênesis 3:08 (“E, ouvindo a voz do Senhor Deus, que passeava no jardim à tardinha, ...”) . podemos observar ao lermos este capítulo, que já era costume do Senhor, passear na terra na virada do dia, ou seja, desde a fundação do mundo, Deus já buscava intimidade com o Homem.

Deus sempre buscou ter intimidade com o homem, ele sempre procurou estar o mais próximo possível, Ele sempre quis falar com o homem face a face....porém o pecado separava o homem de Deus.
Quando Deus criou o homem, eles se falavam todos os dias, mas com a queda do homem, Deus não podia mais se aproximar muito, porque o pecado fazia uma barreira entre eles. Deus só falava face a face com apenas um homem dentre todo o povo, o Sacerdote.
Pensando em ter mais intimidade com todos os seres humanos, ele enviou Jesus, para pagar o preço pelos seus pecados, assim quando quisessem se achegar ao trono dEle, precisariam apenas se lavar no sangue de seu filho, a falta de intimidade com o homem lhe doía tanto, que seu filho veio morrer pelos pecados do mundo, para que Deus pudesse novamente ter intimidade com todos os homens da Terra, como no princípio tinha com Adão.

Mas qual é nossa parte nisso tudo ? 
Sabemos que intimidade é algo que depende das duas partes...não basta somente Deus buscar ser íntimo do homem, o homem também tem que buscar intimidade com Deus......... Mas, COMO TER ESSA INTIMIDADE ?
Quando conhecemos uma pessoa, já no primeiro dia não contamos a ela toda a nossa vida, todos os nossos sonhos, ou os nossos segredos mais profundos. Por que? Porque ainda não somos íntimos com esta pessoa, mas se passar algum tempo, todos dias nós conversarmos um pouco e formos nos conhecendo mais e mais, chegará uma hora em que teremos confiança um no outro para lhe contar tudo o que se passa em nosso interior.......podemos então afirmar que intimidade, vem com convivência. Nós não podemos ser íntimos de uma pessoa com a qual conversamos raramente e sempre temos uma conversa superficial.
Com Deus funciona da mesma forma, como podemos dizer que somos íntimos de Deus se mal falamos com ele diariamente, quando falamos sãs coisas superficiais.......ou seja, aquelas orações diárias de todo crente, que ora ao acordar , na hora das refeições e na hora de dormir, não fazem dele uma pessoa íntima de Deus, pois com um amigo íntimo passamos horas contando a ele tudo que se passa dentro de nós e ouvindo o que se passa no coração dEle.
É exatamente isto que Deus tem buscado do homem, intimidade, Ele quer que passemos um tempo diário com Ele, como Adão passava antes de sua queda, Ele quer contemos a ele os nossos desejos, sonhos e segredos mais profundos. Mas será que Ele já não sabe disso tudo ? você pode estar se perguntado, sim, Ele sabe, mas Ele tem prazer em nos ouvir e falar conosco, porque da mesma forma que quer ouvir os nossos segredos, Ele quer ter a oportunidade de compartilhar conosco os sonhos, os planos, e os desejos mais profundos do coração dEle.
Você quer conhecer os planos de Deus pra sua vida??.......então seja íntimo dEle.....


Que esse seja um desejo do nosso coracão, todos os dias estarmos mais proximos do nosso Pai!

O Segredo é ter atitude!


 Lucas é o tipo de cara que você  gostaria de conhecer. 
Ele estava sempre de bom humor e sempre tinha algo  de positivo para dizer.  
Se alguém lhe perguntasse como ele estava, a  resposta seria logo:   "Ah.. Se melhorar, estraga".  
 Ele era um gerente especial em um restaurante, pois  seus garçons o seguiam de restaurante em restaurante apenas pelas suas atitudes.    Ele era um motivador nato.
Se um colaborador estava tendo um dia ruim, Lucas  estava sempre dizendo como ver o lado positivo da situação. 
Fiquei tão curioso com seu estilo de vida que um dia  lhe perguntei: 
"Você não pode ser uma pessoa positiva todo o tempo".    "Como faz isso" ?
Ele me respondeu:    
"A cada manhã, ao acordar, digo para mim mesmo":   "Lucas, você tem duas escolhas hoje: Pode ficar de bom humor ou de mau humor.Eu escolho ficar de bom humor". 
   Cada vez que algo ruim acontece, posso escolher  bancar a vítima ou aprender alguma coisa com o ocorrido. Eu escolho aprender algo.
Toda vez que alguém reclamar, posso escolher aceitar  a reclamação ou mostrar o lado positivo da vida. 

Certo, mas não é fácil - argumentei.
É fácil sim, disse-me Lucas.  
A vida é feita de escolhas.  
Quando você examina a fundo, toda situação sempre  oferece escolha. 
Você escolhe como reagir às situações.    Você escolhe como as pessoas afetarão o seu  humor. É sua a escolha de como viver sua vida.
Eu pensei sobre o que o Lucas disse e sempre lembrava  dele quando fazia  uma escolha. 
Anos mais tarde, soube que Lucas um dia cometera um  erro, deixando a porta de serviço aberta pela manhã. Foi rendido por assaltantes. Dominado, e enquanto tentava abrir o cofre, sua mão  tremendo pelo nervosismo, desfez a combinação do segredo.
Os ladrões entraram em pânico e atiraram nele. 
Por sorte foi encontrado a tempo de ser socorrido e  levado para um hospital..    
 Depois de 18 horas de cirurgia e semanas de  tratamento intensivo, teve alta ainda com fragmentos de balas alojadas em seu corpo.
Encontrei Lucas mais ou menos por acaso.
Quando lhe perguntei como estava, respondeu: "Se melhorar, estraga".  
Contou-me o que havia acontecido perguntando:   "Quer ver minhas cicatrizes"?
Recusei ver seus ferimentos,  mas  perguntei-lhe o que havia passado em sua mente na ocasião do  assalto.
A primeira coisa que pensei foi que deveria ter  trancado a porta de trás, respondeu.
Então, deitado no chão, ensangüentado, lembrei  que tinha duas escolhas: "Poderia viver ou morrer".  
"Escolhi viver"!
Você não estava com medo? Perguntei.    
"Os para-médicos foram ótimos".
" Eles me diziam que tudo ia dar certo e  que ia ficar bom".
"Mas quando entrei na sala de emergência e vi a  expressão dos médicos e enfermeiras, fiquei apavorado". 
Em seus lábios eu lia:"Esse aí já era".    
Decidi então que tinha que fazer algo.  
O que fez ? Perguntei..
Bem. Havia uma enfermeira que fazia
muitas  perguntas. 

Perguntou-me se eu era alérgico a alguma coisa.
Eu respondi: "sim". 
Todos pararam para ouvir a minha resposta. 
Tomei fôlego e gritei; "Sou alérgico a balas"!
Entre risadas lhes disse:  "Eu estou escolhendo viver, operem-me como um  ser vivo, não como um morto".
Lucas sobreviveu graças à persistência dos médicos...  mas sua atitude é que os fez agir dessa maneira.
E com isso, aprendi que todos os dias, não importa  como eles sejam, temos sempre a opção de viver plenamente. 
Afinal de contas,
"O SEGREDO É TER ATITUDE".