segunda-feira, 23 de abril de 2012

Esperança


"Agora que fomos aceitos por Deus pela nossa fé nele, temos paz com ele por meio do nosso Senhor Jesus Cristo. Foi Cristo quem nos deu, por meio da nossa fé, esta vida na graça de Deus. E agora continuamos firmes nessa graça e nos alegramos na esperança de participar da glória de Deus. E também nos alegramos nos sofrimentos, pois sabemos que os sofrimentos produzem a paciência, a paciência traz a aprovação de Deus, e essa aprovação cria a esperança. Essa esperança não nos deixa decepcionados, pois Deus derramou o seu amor no nosso coração, por meio do Espírito Santo, que ele nos deu." Rm. 5.1-5



"Bendito o homem que confia no Senhor e cuja esperança é o Senhor" Jr. 17.7


              "Dizem que a esperança é a última que morre! Mas se realmente a nossa esperança morrer, o que nos resta? Segundo o que a bíblia nos mostra, a esperança não morre jamais. O texto de hoje nos ensina que por meio da fé em Jesus Cristo temos paz com Deus. Talvez você esteja procurando paz na sua vida. Quem sabe no seu trabalho, dentro da sua casa com a sua família, no casamento, na sua vizinhança. Todos buscam por paz, mas não sabem onde encontrar. O mundo em que vivemos é imenso, mas em nenhum lugar encontraremos 'paz', pois parece que cada dia mais somos bombardeados por tribulações e aflições. É somente por meio de Jesus Cristo que alcançamos a paz de Deus, que permanece em nossa vida mesmo quando vivemos rodeados por essas turbulências.
              Cristo disse aos seus discípulos que eles passariam por tribulações no mundo em que vivem, mas eles não deveriam perder a esperança, pois Jesus venceu este mundo (Jo. 16.33). Nós nunca encontraremos uma paz que faça cessar as guerras, as brigas ou a violência. Enquanto vivermos, os conflitos farão parte da nossa vida. Mas Deus quer nos mostrar por meio da Sua Palavra que podemos ter a certeza de que, mesmo passando por momentos difíceis, o Senhor é maior do que qualquer problema. E é para essa compreensão que a esperança quer nos levar. Crer que em qualquer situação da nossa vida teremos um Deus que estará ao nosso lado para suportar conosco sejam quais forem as nossas dificuldades.
              Às vezes questionamos a vida e até mesmo a Deus quando passamos por certas situações difíceis, mas como o texto de hoje nos afirma: tribulação > perseverança > experiência > esperança. E é esta esperança que nos sustentará, vivendo confiantes de que o nosso Deus estará conosco em todos os momentos. Feliz é aquele que deposita a sua esperança no Senhor."


Em Deus a nossa esperança não morre jamais!

Sonhos..



Sempre que ele perguntava ela não havia sonhado, agora que ela sonha ele não mais pergunta. 
Talvez o ultimo que ela tivera fosse como os dele!
Muito real, muito lindo, onde tudo se encaixava, tudo se completava,  e tudo parecia perfeito...
O sol, as pessoas, o momento...era como se um dia eles compartilhariam aquele momento, mas não mais nos sonhos...

A diferença é que agora ela não pode compartilhar. Agora ela está só.
Tudo não havia passado de momentos, de risos e palavras jogadas ao vento.
Só que para ela, foi mais do que palavras trocadas, para ela foi o único momento em que ela sentia-se "ela".

Ele está em silêncio, assim como ela era. Por um lado ela o entende, por outro ela sente falta!
Ela não pode compartilhar o sonho que tivera, ao contrário dele que mesmo sem querer, não hesitava em contar pois queria que ela soubesse!!

Ele por algum motivo escolheu sonhar sozinho, ela descobriu que sonhar com ele era bom.
Ela tinha medo, e ele esperança.
Tempos diferentes, momentos distantes..escolhas parecidas!

Eles estão crescendo e aprendendo...
Vivendo cada um no seu mundo, que por acaso não são nem próximos.
Quem sabe eles descubram um dia, que só deixa de existir Ele e Ela, se aceitarem o "ELES"

Estão aprendendo, crescendo..
Continuam preferindo meias palavras e milhares de coisas não ditas. 
E assim vão vivendo até quando a vontade de estar com o outro for maior do que os sonhos. 
Enquanto o mundo vive lá fora, dentro de cada um tem um pedaço do outro. 
E mesmo sorrindo por aí, cada um sabe a falta que o outro faz!

Pode ser que um dia eles se encontrarão...e se for para acontecer, acontecerá!!
Só um detalhe: será de verdade, será realidade, e não mais um sonho!!

domingo, 22 de abril de 2012

O Vagalume e a Serpente

Conta a lenda que uma vez uma serpente começou a perseguir um vagalume.

Este fugia rápido da feroz predadora, e a serpente não desistia.
Primeiro dia , ela o seguia. Segundo dia, ela o seguia...
No terceiro dia, já sem forças, o vagalume parou e falou a serpente:

- Posso te fazer três perguntas?

- Não estou acostumada a dar este precedente a ninguém porém como vou te devorar, podes perguntar. Contestou a serpente.
- Pertenço a tua cadeia alimentícia? Perguntou o vagalume.
- Não, respondeu a serpente.
- Eu te fiz algum mal? Diz o vagalume.
- Não. Tornou a responder a serpente.
- Então por que queres acabar comigo???
- PORQUE NÃO SUPORTO TE VER BRILHAR
Conclusões:
Muitas vezes nos envolvemos em situações nas quais nos perguntamos:
Por que isso me acontece se não fiz nada de mal, nem causei dano a ninguém?
Certamente a resposta seria: Porque não suportam ver-te brilhar...

Quando isso acontecer, não deixe diminuir seu brilho.
Continue sendo você mesmo! Segue fazendo o melhor!

Não permita que te lastimem, nem que te retardem.
Segue brilhando e não poderão tocar-te... Porque tua luz continuará intacta.

Tua essência permanecerá, aconteça o que acontecer...
Seja sempre autêntico, embora tua luz incomode os predadores!!

domingo, 1 de abril de 2012

Medo: um obstáculo ao ministério


Quando ele bate a porta do nosso coração, a sensação que temos é que não vamos sair do lugar. Ele é responsável por travar nossos sonhos e projetos. Ele nos faz sentir incapazes. Diante dele não prosseguimos, permanecemos num estado de inércia torcendo para que ele vá embora e nos deixe em paz. Assim é o medo. 


Muitos não sabem ou não percebem, mas ele é o maior obstáculo para que uma pessoa cresça ou consiga transpor barreiras. O medo é um sentimento ruim que traz inquietação ante a noção de um perigo real ou até mesmo imaginário. E ele surge nas mais diversas situações. Existem aqueles, por exemplo, que não viajam de avião, pois sempre pensam que o mesmo sofrerá um terrível acidente matando todos os passageiros. Outros têm medo do escuro, medo de elevador, medo de altura, medo de ficarem sozinhos, medo de serem assaltados. Não são poucas as pessoas que não cozinham feijão, pois têm medo da panela de pressão explodir. Sem contar aqueles que tem medo de morrer...

Contudo, o enfoque deste artigo, não está nestes tipos de medo, mas em outro, tão nocivo quanto os mencionados acima. Queremos falar do medo ministerial. Aquele que impede com que você cresça e enfrente os desafios do ministério.

Quantos já não foram chamados para assumir um cargo na igreja, entretanto não aceitaram devido ao medo de fracassar? O ministério depende daqueles que têm coragem e ousadia para vencer o medo na força do Senhor. E vencer o medo implica em fé. Você precisa ir adiante, senão você paralisa todo o seu esforço. Você deve confiar, acreditar que, em nome de Jesus, irá conseguir passar pelas situações e ser um vitorioso. Seja valente e enfrente este medo que tem impedido de você crescer e ser aquilo que Deus quer. Vamos lá, você consegue enfrentá-lo. Coragem, coragem... Vamos... A partir do momento em que você der o primeiro passo, o medo dará espaço para a certeza da vitória. A certeza de que você consegue e é capaz.

Agarre as oportunidades que surgirem à sua frente. Muitas pessoas têm medo e se assustam quando elas aparecem. Porém, para você que se enquadra nesta situação quero lhe deixar um alerta. Existem oportunidades que passam apenas uma vez. Se você não pegá-las, elas poderão passar...

Amados, quero deixar este artigo como uma palavra de coragem e incentivo a você que tem deixado o medo tomar conta do seu coração. Lembre-se: em Deus você conseguirá forças e coragem para realizar o que mais temia. Quando o medo chegar à sua frente, vença-o com a fé, enfrente-o em nome de Jesus. Você vai conseguir. Creia!

Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Rm 8.31.)