quinta-feira, 26 de julho de 2012

Você foi ouvido...



Lucas 1: 5-17
Oii…tudo bem?? Rs..gostaria de compartilhar algo com vocês. Na Terça acompanhei meu pai em uma igreja na qual ministraria...e Deus falou mto comigo...e espero que fale com você também!...
A referencia citada acima, conta a história de Zacarias e Isabel...ambos eram sacerdotes e, naquele dia Zacarias havia sido escolhido por sorteio para entrar no santuário do Senhor e oferecer incenso.
Um ajo apareceu a Zacarias e lhe disse: "Não tenha medo, Zacarias; sua oração foi ouvida."...Deus é perfeito...e tudo que faz tbm o é!!... Aquele dia havia sido escolhido para que a promessa fosse feita a Zacarias...Quem era Zacarias? Um Sacerdote, que provavelmente tinha uma certa intimidade..ou proximidade com o santuário do Senhor...engraçado que quando o anjo do Senhor apareceu para ele...ele sentiu medo!...Sim, medo!

Quero abrir um parenteses aqui...ee falar um pouquinho sobre isso...Quantas vezes nós sentimos medo??..quantas vezes você sente medo..de algo que sabe que pode acontecer, mas nunca está preparado para isso??...Tenho meus medos...sim eu tenho!..Mas tenho buscado deixa-los de lado, para não correr o risco de perder as bençãos que o Senhor tem planejado pra mim...sempre que sinto algo...busco saber o que é ee pq estou sentindo. Pra mim o Medo é algo que atrapalha...quero dizer é o vilão da nossa história. Ele nos faz pensar muito, nos faz criar monstros, barreiras...e nos leva a deixar de acreditar em coisas que antes acreditávamos. Do que você tem sentido medo?? De novas oportunidades? De um novo relacionamento? De coisas do passado?..O quem assombrado seus dias?

Continuando...porém o anjo lhe disse: “NÃO TENHA MEDO ZACARIAS, SUA ORAÇÃO FOI OUVIDA.” (ponto). Rs...
(abrindo aspas...).. Eii...sabe aquela oração que tanto fez? Aquele pedido de socorro que sempre gritou? Aquele desejo de ser mãe/pai...? ou..aquele emprego, namoro, casamento...AQUILO que pediu pra Deus?? Sabe?? Pois é...da mesma forma que ELE ouviu a oração de Zacarias, seus ouvidos estão atentos ao nosso clamor! E ELE ouve nossa suplica. Graças!!

“Não tenha medo...sua oração foi ouvida”... Deus em sua grandeza suprema...com seu poder, graça e glória, ouve sua oração! Pensa no Deus grande que nós servimos!!!..Quando você ora, seja na sua casa, no carro, no onibus, caminhando, dançando...cantando..o Senhor te escuta...e o melhor ELE RESPONDE!..No temppo oportuno...no dia escolhido, o Senhor atende nossas orações e nos dá a promessa, nos dá a resposta que tanto esperamos...mas CUIDADO! Zacarias duvidou e ficou mudo até que João Batista nascesse.. não Duvide dos planos de Deus. Não pense que nunca terá filhos por ser estéril, DEUS FAZ MILAGRES. Não pense que não irá se relacionar, DEUS ESTÁ CAPRICHANDO. Não pense que aquele trabalho é mto pra vc, DEUS TE CAPACITA...e Ele vai a sua frente, SEMPRE!!
Encare novos desafios, viva novos momentos...NÃO TENHA MEDO...Não se preocupe...O SENHOR OUVE SUA ORAÇÃO ...e está cuidando de tudo!!!

segunda-feira, 16 de julho de 2012

João 3:16




Na cidade de São Paulo, numa noite fria e escura de inverno, próximo a uma esquina por onde passavam várias pessoas, um garotinho vendia balas a fim de conseguir alguns trocados. Mas o frio estava intenso e as pessoas já não paravam mais quando ele as chamava.  
Sem conseguir vender mais nenhuma bala, ele sentou na escada em frente a uma loja e ficou observando o movimento das pessoas.    Sem que ele percebesse, um policial se aproximou.  -"Está perdido, filho?"  O garoto balançou a cabeça.  -"Só estou pensando onde vou passar a noite hoje... normalmente durmo em minha caixa  de papelão, perto do correio, mas hoje o frio está terrível... -O senhor sabe me dizer se há algum lugar onde eu possa passar esta noite?"   O policial mirou-o por uns instantes e coçou a cabeça, pensativo.  -"Se você descer por esta rua", disse ele apontando o polegar na direção de uma rua, à esquerda,  lá embaixo vai encontrar um casarão branco;  chegando lá, bata na porta e quando atenderem apenas  diga: "João 3,16 ". Assim fez o garoto. Desceu a rua estreita e quando chegou em frente ao casarão branco, subiu os degraus da escada e bateu na porta.  Quem atendeu foi uma mulher idosa, de feição bondosa.  -"João 3,16", disse ele, sem entender direito. - "Entre, meu filho". A voz era meiga e agradável.  Assim que ele entrou, foi conduzido por ela até  a cozinha onde havia uma cadeira de balanço antiga,bem ao lado de um velho fogão de lenha  -"Sente-se, filho, e espere um instante, tá?"   O garoto se sentou e, enquanto observava a  bondosa mulher se afastar, pensou consigo mesmo: "João 3,16... Eu não entendo o que isso significa mas sei que aquece a um garoto com frio". 



Pouco tempo depois a mulher voltou.  -"Você está com fome?", perguntou ela.  -"Estou um pouquinho, sim... há dois dias não  como nada e meu estômago já começa a roncar.."  A mulher então o levou até a sala de jantar, onde  havia uma mesa repleta de comida.  Rapidamente o garoto sentou-se à mesa  e começou a comer ; comeu de tudo, até não  aguentar mais. Então ele pensou consigo mesmo:  "João 3,16... Eu não entendo o que isso  significa, mas sei que mata a fome de um garoto  faminto".

  Cerca de meia hora depois a bondosa mulher voltou  e levou o garoto até um quarto onde havia uma cama de madeira, a antiga, mas grande e confortável.  Ela o abraçou, deu-lhe um beijo na testa e, após
deitá- lo na cama, desligou a luz e saiu.  Ele se virou para o canto e ficou imóvel,  observando a garoa que caía do outro lado do vidro  da janela. E ali, confortável como nunca, ele pensou  consigo mesmo: "João 3,16... Eu não entendo o que isso significa, mas sei que dá repouso a um garoto cansado".
 No outro dia, de manhã, a bondosa senhora preparou uma bela e farta mesa e o convidou para o café da manhã.  Quando o garoto terminou de comer, ela o levou até a cadeira de balanço, próximo ao fogão de lenha.  Depois seguiu até uma prateleira e apanhou um
livro grande, de capa escura.  Era uma Bíblia. Ela voltou, sentou-se numa  outra cadeira, próximo ao garoto e olhou dentro  dos olhos dele, de maneira doce e amigável. -"Você entende João 3,16, filho?"  -"Não, senhora... eu não entendo... A primeira vez que ouvi isso foi ontem à noite... um policial que falou...".  Ela concordou com a cabeça, abriu a Bíblia em  João 3,16 e começou a explicar sobre Jesus.  E ali, aquecido junto ao velho f
garoto entregou o coração e a vida a Jesus. E enquanto lágrimas de felicidade deixavam seus olhos e rolavam face à baixo, ele pensou consigo mesmo: "João 3,16... ainda não entendo muito bem o que isso significa, mas agora sei que isso faz um garoto perdido se sentir realmente seguro" . 
 
"Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu único Filho para que todo aquele que nele crê, não pereça, 
mas tenha a vida eterna." (João 3:16) 


  Depois, a bondosa senhora o levou ao andar  superior, onde se encontrava um quartinho com uma  banheira cheia de água quente.  O garoto só esperou que a mulher se afastasse e  então rapidamente se despiu e tomou um belo banho, como há muito tempo não fazia. Enquanto esfregava a bucha pelo corpo pensou consigo mesmo: "João 3,16... Eu não entendo o que isso significa, mas sei que torna limpo um garoto que há muito tempo estava sujo".


   Deus não mandou Jesus para condenar o mundo, mas sim para salvá-lo. Aquele que crer em Jesus não será condenado, mas terá a vida eterna! 

domingo, 8 de julho de 2012

Dia de Fipaaa!

Domingo de Julho....haha pra maioria uma simples data, mas para mim e alguns outros: Dia Dos Filhos de Pastores!...isso mesmo..temos um dia!..Não sabia? Pois agora sabe!rsrs..
Lembro-me que ano passado ao postar a mensagem neste dia...citei um pouco da minha história, um pouco dos desafios que enfrento...e tbm das lembranças que guardamos, porém hoje não quero falar sobre o que ouvimos...ou o que as pessoas dizem de nós.
Ontem fui pregar em um acampadentro de jovens e adolescentes...meu primeiro "convite"...para pregar em outro grupo...( Carol vc já pregou no acampamento...sim sim...mas foi acampamento..rsrs não acampadentro...) fiquei surpresa ao receber o convite..principalmente por ter sido de uma fipa como eu.
Ontem mesmo lembrávamos de como brincávamos durante as reuniões de pastores...era super divertido..escorregávamos com papelão nos morros que tem atrás da igreja..ahh tempos bons! 
Se você é FIPA assim como eu...deve ter mtas lembranças de momentos assim...e talvez nunca tenha passado por sua cabeça ser tbm um pastor (a)...ou nunca tenha imaginado estar a frente de um grupo...de um departamento..ou seja lá do que for.
Pois bem...ontem enquanto pregava percebi que quando somos guiados nos caminhos do Senhor e reconhecermos seu poderio sobre nossas vidas..aceitando assim seus planos e propósitos pra nós...passamos a viver o projeto desenhado para as nossas vidas.. e passamos por momentos que jamais imaginaríamos...isso sim é bom!..rs..Viver dependendo da misericórdia, amor, cuidado, carinho ee da presença do Senhor..é privilégio pra poucos!
Hoje..e sempre..agradecerei a Deus por ser Filha de Pastor...não me arrependo de nada...e nunca reclamei por carregar tamanha responsabilidade...Deus quando me fez saberia as lutas que eu enfrentaria, ele sabia os momentos e fases que teria...e mesmo assim confiou a mim tamanho presente..o presente não apenas de ser chamada Filha de Deus...mas tbm de ser chamada Filha de Sacerdote!!

huhull esse ano conheci maisss um monte de FIPAS! huuhull meu lado "FIPA" tá crescendo..rsrs

Gabi, Lucas Flores, Karen, Lucão, Euu,
Paulinha (diaconisa..rs) Iza e Lukas.



Raphale Marques, Gabrielle Castro, Bruna Victinho, João Pedro, Mateu Oliveira, Karine Pereira, Guilherme Jorge, Laisa Camargo, Luciane Carlos,Lucas Rodrigues,Renato Oliveira,Bia Melro, Hector Pantarote....(ee...mais..rs não lembro o nome de todos!.rs)

E aos que não tenho fotos juntoo...como Hadassa..Lizzie..rs








Foi um prazer enormeeeeeee conhecer todos vocês!!...Estamos juntos!!..

O Senhor tem grandes coisas pra fazer em nossas vidas!!

Amoo..já!!

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Memórias..


Porque a vida segue. Mas o que foi bonito fica com toda a força. Mesmo que a gente tente apagar com outras coisas bonitas ou leves, certos momentos nem o tempo apaga. E a gente lembra. E já não dói mais. Mas dá saudade. Uma saudade que faz os olhos brilharem por alguns segundos e um sorriso escapar volta e meia, quando a cabeça insiste em trazer a tona, o que o coração vive tentando deixar pra trás.