segunda-feira, 30 de junho de 2014

É Preciso Atitude!


Preciso escrever!

Abram a biblia aí em Êxodo 14.15, ahhh tudo bem, vou facilitar.

"Disse então o Senhor a Moisés: "Por que você está clamando a mim? Diga aos israelitas que sigam avante.Êxodo 14:15"

Essa semana li esse texto e baseado na história do povo de Israel, cheguei a algumas conclusões e quero compartilhar com vocês.

Para que se situem na referencia dada, os israelitas tinham acabado de sair do Egito e estavam sendo perseguidos pelos egípcios. O capitulo 14 relata o primeiro momento de desespero do povo - primeiro de muitos não é? - momento este que eles não perguntam o que fazer, mas questionam se foi por falta de túmulos que foram tirados do Egito para morrerem no deserto (v.11), em outras palavras eles estavam decretando a vitória dos egípicios sob os israelistas, estavam se entegando a morte.

A biblia não relata entre José e Moisés nenhuma outra pessoa, mas a historia relata que o povo sabia quem era Deus...sabiam da promessa feita a Abraão, e da história de Israel...historia essa que eles faziam parte. Então não podemos dizer que era um povo que nunca ouvira falar de Deus, pelo contrário eles clamavam a Ele (Ex 3.7 e 9) e justamente por clamarem que Deus foi ao socorro do seu povo.. (guardem isso)

Na referencia citada acima, vemos que Deus diz a Moisés: Por que está clamando a mim? Diga ao povo que sigam avante, que marchem...que andem! (sinonimos por minha conta..)  Ual..rs. A situação mudou, não é Deus quem precisava agir agora, era o povo! Clamar, re-clamar, ou reclamar não adiantaria em nada, para que o socorro de Deus viesse eles precisavam sair do lugar, precisavam agir, precisavam marchar em direção ao mar. A ordem de Deus para que seguissem seria uma demonstração de fé. Eles precisavam caminhar em direção a resposta....

Caminhar em direção a reposta de Deus, muitas vezes é caminhar em direção ao mar vermelho. Porém confiante de que lá na frente o socorro virá.

Um clamor, duas formas de responder.
O clamor do povo não muda, se antes era para pedir socorro por causa da opressão dos egipcios, agora era por livramento.
No primeiro momento, Deus chama Moisés para libertar o povo da escravidão...e até que isso aconteça Deus demonstra seu poder a Faraó e aos israelitas. No segundo momento Deus já havia dito que livraria o povo, porém queria ATITUDE.

A historia se repete. Nos dias de hoje, fazemos como os isralitas...paramos e começamos a questionar Deus, quando muitas vezes a resposta está a alguns passos a frente. Não estou dizendo que não deva esperar Deus responder, mas essa minha reflexão é apenas um alerta. Deus espera atitudes da nossa parte, atitudes de amor, atitudes de fé.

Não somos diferentes do povo de Israel. Na primeira oportunidade construímos bezerros de ouro, na primeira dor de barriga queremos voltar a escravidão que viviamos, no primeiro mar decretamos a morte, e ficamos parados esperando que Deus desça do céu e nos entregue a solução para os nossos problemas.
Busque-O e esteja sensível a voz de Deus, Ele nos ensina todo tempo....só fique atento sua vitória contra os egipcios pode depender de um passo.



Resumindo: Clame, porém tenha atitude. Seu milagre pode estar a alguns passos a frente!