Não siga seu coração!


Estava um dia lindo. Ensolarado, céu azul, aquela brisa suave que vinha só para balançar os cabelos enquanto conversávamos.

Ela não conseguia me olhar nos olhos -  e mesmo com uma mesa nos separando, era possível ouvir seu coração batendo rápido, sua respiração tentando se organizar e aquela dúvida em seu rosto.

'Por que?', ela me perguntou. 

Sem ter respostas, tentei conforta-la segurando sua mão.

Ela estava dilacerada, casada, com filhos, e o título que nunca imaginava ter: traída. Com histórico de abuso, sentiu-se mais uma vez: usada.

A pergunta dela foi minha durante anos, enquanto ouvia relatos de traição, abuso e violência. E quando ela olha pra mim, a pergunta dela se torna a minha. Por que? 


' O que leva alguém a machucar quem diz amar? O que leva alguém ferir quem o ama? Por que? '

Participei de uma palestra sobre 'Abuso sexual' há duas semanas e, durante aquelas horas...só conseguia lembrar do versículo que diz: Pois é de dentro do coração dos homens que procedem aos maus pensamentos, as imoralidades sexuais, os furtos, os homicídios, os adultérios, as ambições desmedidas, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a difamação, a arrogância e a insensatez. Ora, todos esses males procedem do interior, contaminam a pessoa humana e a tornam impura." (Marcos 7:21-23a).

Não estou querendo espiritualizar as atitudes, mas culpo os corações vazios, as mentes impuras, os sentimentos destruidores e milhares de coisas que se tornam 'motivos' para destruir a vida de alguém. Por que? Como é possivel? 

Não tenho acesso ao conteúdo dos dados apresentados naquela palestra, mas pesquisando encontrei que  em 2016 foram 17,5 mil casos. A maior parte das denúncias é referente aos crimes de abuso sexual (72%) e exploração sexual (20%), isso numa faixa etária entre 0 e 18 anos. As demais ligações estavam relacionadas a outras violações como pornografia infantil, sexting, grooming, exploração sexual no turismo, estupro. Cerca de 67,7% das crianças e jovens que sofrem abuso e exploração sexuais são meninas. Os meninos representam 16,52% das vítimas. Os casos em que o sexo da criança não foi informado totalizaram 15,79%. Os dados sobre faixa etária mostram que 40% dos casos eram referentes a crianças de 0 a 11 anos. As faixas etárias de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos correspondem, respectivamente, 30,3% e 20,09% das denúncias. Já o perfil do agressor aponta homens (62,5%) e adultos de 18 a 40 anos (42%) como principais autores dos casos denunciados.

Os dados atualizados do Mapa da Violência 2012: Homicídio de Mulheres no Brasil, apontam que é principalmente no ambiente doméstico que ocorrem as situações de violência contra a mulher. A taxa de ocorrência no ambiente doméstico é 71,8%, enquanto em vias públicas é 15,6%.
CALMA AI!! denúncias afirmam que a mulher corre mais risco dentro da própria casa do que fora dela

Por que comecei citando o versículo? Porque se não guardarmos os nossos corações, seremos vítimas da maldade que existe no pecado. Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. (Provérbios 4.23).

'Sua vida depende do que está em seu coração', entende???

O que tem estado no coração dos nossos amigos? familiares? conhecidos? colegas de trabalho? Deus é o único que pode sondar o nosso coração, é verdade. Não podemos evitar que os pássaros voem sobre a nossa cabeça, mas, podemos evitar que façam os seus ninhos... Não podemos evitar que os maus pensamentos toquem a porta do nosso coração, mas sim, podemos evitar abrir a porta.

Ontem li um post no facebook que dizia: 'Não siga seu coração, ele é enganoso", Jeremias 17:9-10 diz isso, e muitas vezes nosso coração tem sido um lixão, temos carregado ódio, rancor, mágoa e SILENCIO.

Talvez, eu tenha falado muitas coisas e soe muito confuso este post. Mas, ainda estou com a pergunta da cena do início. POR QUE? Porque temos deixado tantas coisas entrarem no coração? Porque tantas pessoas tem sofrido abusos de todos os tipos? Porque temos fechado nossos olhos para situações que estão se tornando 'comuns'? 
Não falo só de abuso sexual, mas humilhar, xingar e diminuir a autoestima;  tirar a liberdade de crença; fazer o outro achar que está ficando louco (a); controlar e oprimir;  expor a vida íntima; atirar objetos, sacudir e apertar os braços; forçar atos sexuais desconfortáveis; impedir a mulher de prevenir a gravidez ou obrigá-la a abortar ; controlar o dinheiro ou reter documentos; quebrar objetos. Não falo apenas das mulheres (apesar de ser maioria quando o assunto é abuso), mas crianças, adolescentes e homens. NÃO É COMUM, NÃO É NORMAL! 

Se você conhece alguém que abusa ou é abusado, DENUNCIE! ORE! Não faça justiça com as próprias mãos, pois se aquele que machucou for machucado, se torna vítima e não apenas agressor.

Não podemos deixar que corações  sejam feridos, dilacerados e amanhã façam o mesmo com seus filhos, mães, mulheres, homens e etc.  
Podemos falar sobre muita coisa quanto ao 'guardar o coração', aliás...muitas coisas provém dele como vimos no versículo. Quem sabe isso não se torne uma série e eu falo com vocês sobre o que é gerado em nosso coração, muitas vezes sem percebermos? Bom pensarmos.

Deus abençoe e, desculpe se ficou confuso, acho que assuntos como esses nunca serão esclarecidos pra mim!








Dados:
Brasil combate violência contra mulher
Dia nacional contra abuso sexual de crianças e jovens
Violência não é só fisica



Comentários

Postagens mais visitadas